Seis servidores públicos são presos em operação de Combate à Corrupção

0
256
Operação da DCCO foi realizada em parceria com a Coordenadoria Geral do Estado. (Foto: Divulgação)

A ação aconteceu em Curitiba, Colombo, Matinhos, Maringá e Assis Chateaubriand

 

Seis funcionários públicos do Paraná que estavam com mandado de prisão em aberto, mas continuavam trabalhando normalmente, foram detidos pela Divisão de Combate à Corrupção (DCCO) nesta terça-feira (24). Cada um deles é acusado de cometer um crime diferente, alguns na esfera criminal e outros na cível. A operação aconteceu em Curitiba, Colombo, Matinhos, Maringá e Assis Chateaubriand.

Foram alvos da ação um professor de ensino médio, uma agente educacional, um agente penitenciário, um técnico em enfermagem, um docente contratado por Processo Seletivo Simplificado (PSS) e um policial militar que já estava detido no Batalhão de Guarda da PM. Apenas um médico que trabalha no Samu em Maringá não foi localizado.

Entre os delitos cometidos estão tráfico de influência, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, corrupção passiva, falta de pagamento de pensão alimentícia e atentado violento ao pudor. Detalhes sobre os crimes não foram divulgados.

Leia a matéria completa no site da Banda B.

Comentários