Refém fica ferido após assaltantes capotar S10 durante fuga em Jesuítas

0
1014

Na tarde de sexta-feira (24) a equipe da Polícia Militar de Jesuítas recebeu uma ligação informando que na estrada Medianeira, cerca de 2 km da comunidade do Carajá, uma caminhonete de cor prata havia perdido a direção e capotado e na seqüência teriam saído da mesma três indivíduos, sendo que dois deles entraram em um veículo de cor preta que vinha logo atrás e seguiram pela estrada Medianeira em direção a Assis Chateaubriand e a outra pessoa seguiu a pé em meio a uma plantação de soja.

No local foi encontrada a caminhonete Chevrolet/S10 de cor prata placa BBO-6955, do Município de Assis Chateaubriand. Logo em seguida chegou ao local o senhor L. A .B., o qual se identificou como esposo da proprietária da caminhonete. Relatou L. que estava trabalhando juntamente com o seu filho no sítio Nossa Senhora Aparecida, Lote 14, Estrada Quatro Bocas, Município de Nova Aurora. Em dado momento seu filho havia se ausentado do local com a referida caminhonete e algum tempo depois ligou para L., informando que fora vítima de um assalto.

A equipe então conseguiu contato com a vítima que relatou estar chegando próximo do sítio quando três indivíduos chegaram em um veículo Renault Megane de cor preta com placa iniciada pela letra B e tarjeta de Belo Horizonte.

Em seguida dois elementos saíram encapuzados, anunciando o assalto, um deles armado com uma pistola. Pediram para a vítima se deitar no banco traseiro e na seqüência saíram em direção a Comunidade do Carajá, na companhia do Megane, vindo a capotar na estrada Medianeira. L., após a fuga dos demais com o Megane, mesmo ferido conseguiu se deslocar até um sítio próximo e pedir ajuda, sendo que foi conduzido ao Hospital São Lucas de Assis Chateaubriand para atendimento médico.

Relatou ainda que os dois elementos também se feriram no acidente. Buscas foram realizadas nas proximidades, mas ninguém foi localizado. A caminhonete foi guinchada e recolhida ao pátio da Delegacia de Jesuítas para posterior perícia por parte da Policia Civil.

Fonte: Léo Silva

Comentários