Ponte Internacional da Amizade acorda vazia após determinação de fechamento

0
349
A Ponte Internacional da Amizade amanheceu vazia nesta quarta-feira (18) na fronteira com o Paraguai. Dados do Paraná mostram que pelo menos 100 mil pessoas passam por por dia pela fronteira e uma média de 40 mil carros, com o fechamento da travessia o mercado paraguaio e revenda de produtos estrangeiros no Brasil serão diretamente afetados.

O presidente Mario Abdo Benítez determinou na noite de ontem (17) o fechamento completo do acesso ao Paraguai, ninguém entra e ninguém sai.

Apenas caminhões com mercadorias poderão cruzar a fronteira. Mesmo assim motoristas e veículos serão submetidos ao controle sanitário. O presidente disse que casos urgentes poderão ser liberados, mas antes serão analisados.

Benítez disse ainda que o governo identificou um ponto vulnerável dentro das medidas impostas para evitar a propagação do vírus.

Desde a implantação das medidas nas fronteiras, pelo menos em Foz do Iguaçu, paraguaios e estrangeiros que moram no Paraguai, podiam circular livremente entre os dois países. Apenas estrangeiros estavam sendo impedidos de cruzar pela aduana. O que mantinha um fluxo intenso na mesmo diariamente.

O Paraguai trabalha com o toque de recolher até às 20 horas para evitar que as pessoas fiquem em lugares com aglomeração e com risco de serem infectados.

Acompanhe a movimentação na Ponte da Amizade

Comentários