Mulher paga R$800 para assassinar ex-marido com facão no Jussara

0
617
Facão utilizado no crime.

Homicídio foi elucidado e três pessoas foram presas

Dois homens e uma mulher estão a disposição da justiça, pelo crime de homicídio onde foi vitima Lucas Barbosa da Silva de 33 anos, vitima de vários golpes de faca e facão. O crime ocorreu na madrugada de domingo (2), no Jardim Jussara em Assis Chateaubriand. Lucas chegou a receber atendimento, mas devido aos ferimentos entrou em óbito.

As prisões ocorreram em Assis Chateaubriand e em Umuarama. A mulher foi presa ainda na madrugada de domingo(2), um homem preso pela PM de Umuarama enquanto tentava fugir e o outro homem foi preso na manhã desta segunda-feira (3).

Conforme detalhes da Polícia Civil através do delegado André Mendes, os dois homens envolvidos no crime teriam sido “contratados” pela mulher que seria ex- mulher da vitima.

“Informalmente ela contou detalhes sobre o fato, sendo que teria contratado o crime pela quantia de R$ 800 reais e atraiu a vitima e quando o homem estava supostamente amarrado os homicidas adentraram e efetuaram os golpes com faca e facão, nós estamos levantando informações sobre outros possíveis envolvidos, porém o que temos até agora leva para o indicativo destas três pessoas”, esclareceu o delegado.

Sobre a motivação do crime:
A mulher e os dois homens teriam se encontrado na praça do jardim para acertar os detalhes do crime.

“Um dos presos, sendo o que foi preso em Umuarama quando tentava fugir, após o crime, teria apresentado outra motivação, mas ainda não temos nenhum indicativo que tenha ocorrido até o momento, até porque a contratante do crime relatou que o motivo seria por conta de agressões, e assim as alegações não fecham, então é mais uma maneira de aliviar o envolvimento com o bárbaro crime”, informou André Mendes.

Antes de morrer Lucas conseguiu repassar algumas informações primordiais aos policiais, os dados fornecidos foram na sequencia confirmados com as investigações. As pessoas envolvidas são todas maiores de idade, já foram ouvidas, bem como as armas utilizadas no homicídio serão encaminhadas para a perícia. Um dos homens possui passagem pela Polícia, já o outro seria réu primário, bem como a mulher.

Para finalizar o delegado que atendeu nossa reportagem na tarde desta segunda-feira (3), fez questão de frisar. “Estamos dando uma reposta para a sociedade que estes crimes graves que não deveriam acontecer, pois existem outras maneiras de resolver estes problemas e assim a resposta rápida serve quem sabe para inibir outros crimes, demonstrando que todos serão encontradas, identificadas e presas e irão pagar pelos crimes.

O corpo de Lucas Barbosa foi sepultado na manhã desta segunda-feira (3), no cemitério jardim da paz de Assis Chateaubriand.

 

Fonte: Rádio Vale Verde FM

Comentários