Laudo confirma que corpos encontrados em Altônia são de miss e empresário

0
1030
Umuarama News/ arquivo pessoal

Os exames realizados pela Polícia Civil nos corpos encontrados carbonizados comprovaram que são mesmo da Miss Altônia, a estudante Bruna Zuco de 21 anos e do empresário Valdir Feitosa, que estavam desaparecidos.

Os exames coletaram amostradas das mães das duas vítimas e foram confirmados após apresentação do laudo, na tarde desta segunda-feira (9).

Os corpos carbonizados foram encontrados na caçamba de uma caminhonete na área rural de Altônia, em março.

Desde que foram encontrados, a polícia abriu um inquérito policial para investigar o crime. Buscas e apreensões foram realizadas e aparelhos celulares foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística de Curitiba e os laudos periciais serão anexados a investigação.

A desconfiança da polícia, no início em não ser a jovem, pelo fato de ela utilizar prótese de silicone e a família não confirmar, foi descartada após o exame de DNA apresentar 99,1% de compatibilidade.

A Polícia recebeu imagens de câmeras de segurança da jovem entrando no carro queimado, na madrugada do desaparecimento.

Corpos são sepultados na tarde de terça-feira (10)

Foram sepultados no final da tarde desta terça-feira (10) dos corpos de Bruna Zucco e Valdir Brito Feitosa na cidade de Altônia. Os dois foram vítimas de um crime bárbaro, que chocou a comunidade, ocorrido no dia 22 de março.

A estudante de psicologia e Miss Altônia foi velada no salão paroquial da Igreja Matriz. A despedida teve início por volta das 17h e foi bastante rápida. Cerca de 70 pessoas compareceram. Familiares e amigos estavam bastante comovidos. O sepultamento aconteceu após as 18h no cemitério municipal.

O corpo do empresário Valdir, proprietário da Oppus Bar, chegou mais cedo e, por isso, a família e amigos tiveram mais tempo para se despedir.

O velório aconteceu na casa da mãe de Valdir e ele também foi sepultado no cemitério da cidade.

Fonte: Catve / Umuarama News/ Noti-cia.com

 

Comentários